segunda-feira, 22 de abril de 2019

Meditar... Respirar


Resultado de imagem para meditar respirarÉ natural. Nossa mente sofre sede de paz, como a terra seca tem necessidade de água fria.
Por isso, venha a um lugar à parte, no país de você mesmo, a fim de repousar um pouco.
Esqueça as fronteiras sociais, os controles domésticos, as incompreensões dos parentes, os assuntos difíceis, os problemas inquietantes, as ideias inferiores.
Retire-se dos lugares comuns a que ainda se prende.
Concentre-se, por alguns minutos, em companhia do Cristo, no barco de seus pensamentos mais puros, sobre o mar das preocupações cotidianas...
Ele lavará a sua mente repleta de aflições.
Balsamizará suas úlceras.
Basta que você se cale e sua voz falará no sublime silêncio.
Ofereça-lhe um coração valoroso na fé e na realização, e Seus braços divinos farão o resto.
Você regressará, então, aos círculos de luta, revigorado, forte e feliz.
Seu coração com Ele, a fim de que possa agir, com êxito, no vale do serviço.
Ele com você, para escalar, sem cansaço, a montanha da luz.

*   *   *

A meditação dulcifica a aspereza da luta, harmoniza o intelecto com o sentimento e mantém acalmado o homem.
Vale esclarecer que não será por efeito de uma a outra experiência mágica que perceberemos o efeito, mas sim através de expressivo esforço.
A disciplina, a frequência do exercício, os conteúdos do pensamento, são essenciais para o êxito desse empreendimento íntimo.
Tomemos, por exemplo, de uma página do Evangelho. Leiamos pausadamente, digerindo-lhe o significado e nos concentrando nela, para fixá-la.
Retiremos a grande quantidade de informações e reflexionemos em cada mensagem revelada, na sua essência.
Insistamos em verificar a forma e o sentido de como aquelas linhas poderão nos ser úteis.
Analisemos sem pressa para que da letra retiremos seu espírito.
Habituemo-nos a esse pequeno costume e estaremos iniciando a meditação que nos levará à paz de consciência e à alegria de viver.
Mesmo que disponhamos de pouco tempo, busquemos utilizá-lo para a meditação, descobrindo, logo depois, que os benefícios serão imensos.
A meditação nos irá abrir as portas para a perfeita união com Deus que a oração proporcionará.

*   *   *

Respiremos profundamente e com calma.
Reservemos alguns momentos do nosso dia para realizar essa singela tarefa de bem-estar.
Recordemo-nos dessa faculdade incrível que temos de fazer com que o ar externo penetre nossos pulmões.
O ar é vida e cada vez que respiramos conscientemente estamos nos ligando a ela com mais intensidade.
Respiramos automaticamente, respiramos mal, por vezes tomados pela ansiedade e nervosismo que quase nos tiram o fôlego.
Aproveitemos, a cada expiração, para retirar de nosso íntimo as preocupações, as revoltas, os sentimentos pouco elevados.
Respiremos melhor e vivamos melhor.

Redação do Momento Espírita, com base no cap. 168, do livro
Caminho Verdade e Vida, pelo Espírito Emmanuel,
psicografia de Francisco Cândido Xavier, ed. FEB e no
cap. 1, do livro Momentos de Esperança, pelo Espírito
Joanna de Ângelis, psicografia de Divaldo Pereira Franco,
ed. LEAL.
Em 22.4.2019.


segunda-feira, 15 de abril de 2019

Convite - 29º Ajucá da Jurema


Aconteceu - O reconto do Caboclo sob a luz do luar

Na madrugada do dia 04 de março, a Escola de Samba Leandro de Itaquera realizou seu desfile no Sambódromo do Anhembi, levando ao público a história do Caboclo Ubatuba, mentor espiritual da APEU. O enredo "Ubatuba - O reconto do Caboclo sob a luz do luar" foi baseado na obra "O Arraial dos Penitentes" escrito por Pai Silvio Mattos.
A apresentação da escola foi dividida em quatro blocos: o primeiro tratou do encontro entre o negro Mukua Mukunda e os índios Tamonjis, que reultou depois na união com a jovem Jacirendy e no nascimento do pequeno cafuzo. O segundo bloco destacou a influência indígena e da catequese no seu crescimento. O terceiro bloco mostrou as origens do seu pai, a cultura africana e por fim, o quarto bloco que mostrava a passagem do jovem caçador para o mundo espiritual e sua atuação na Umbanda.
Nomes importantes da Umbanda paulistana fizeram parte deste momento especial: Pai Silvio Mattos e Mãe Cleide Mattos (dirigentes espirituais da APEU - Associação de Pesquisas Espirituais Ubatuba) , Pai Milton Aguirre (presidente do Soubra - Superior Órgão de Umbanda do Brasil), Pai Valdir Pereira (Pres. Regional do Primado de Umbanda em SP), Pai Élcio de Oxalá, Luci Rosa e Pai Paulo Rosa (T.U. Caboclo Pedra Branca e João Boiadeiro), Yá Sandra de Oxum e Yá Sheila de Oxum (TUFO - T. U. Filhos de Oxum), Pai Léo das Pedreiras e Mãe Priscilla das Águas (T.U. Divina das Águas), Mãe Juliana Ogawa (OAB - São Paulo), Pai João Dias e Mãe Mariusa de Iemanjá (C.E. Caboclo Urubatan), Mãe Áurea e Ogã Eduardo JC (Casa Pai José de Alencar e Zé Baiano), Mãe Claudete, Pai Luis e Mãe Indaiara (CEU Cabocla Jurema), Ogã Fábio Passoni, Gaô Osvaldo Cruz e tantos outros que vieram prestigiar esta linda homenagem. Não podemos deixar de destacar a presença da Família APEU e de irmãos de outras casas que, num grande gesto de união, compuseram a ala "Guerreiros de Fé", que representava o "Exército Branco de Oxalá", ou seja, os médiuns de todos os terreiros do Brasil e do mundo. Os filhos mais antigos da casa vieram no quarto carro, junto com as autoridades religiosas.
Ocarnaval da Leandro foi dirigido por uma comissão que teve à usa frente Fábio Flisch. O intérprete foi  Juninho Branco.

O desfile foi transmitido pelo canal da Liga das Escolas de Samba de São Paulo e pode ser assistido pelo link https://www.youtube.com/watch?v=nlyj2P-69I4

Segue fotos: