quinta-feira, 30 de junho de 2011

CALENDÁRIO ESPIRITUAL DA APEU
JULHO/2011

01/07 – Sexta-feira - 20:30 h – Caboclos de Oxóssi e Pretos Velhos
08/07 – Sexta-feira- 20:30 h - Caboclos de Oxóssi, Falangeiros de
                                             Ogum e Povo D’água
15/07 – Sexta-feira - 20:30 h – Caboclos de Oxóssi e Falangeiros de
                                               Xangô
22/07 – Sexta-feira - 20:30 h – Caboclos de Oxóssi e Boiadeiros
29/07 – Sexta-feira - 20: 30 h – Caboclos de Oxóssi, Baianos e Exus
                                              de Lei

TODO ATENDIMENTO NA APEU É GRATUITO.

Observação aos médiuns da casa: as sessões de desenvolvimento serão reiniciadas e indicadas pelo dirigente espiritual Pai Silvio. Aguarde as informações durante a gira.

Conheça nossa forma de trabalho entrando no site http://www.apeu.rg.com.br/ ou blog http://apeuumbanda.blogspot.com

Nosso endereço: Rua Romildo Finozzi, 137 – Jardim Catarina – zona leste – São Paulo/SP – estamos na altura do nº 2057 da Avenida Barreira Grande, onde tem a lombada eletrônica próxima ao Hospital do Jardim Iva, a mais ou menos 10 minutos do Shopping Aricanduva. Fone (11) 2911-4198 / 2724-9522 / 6852-8430.

CONHEÇA A WEB RÁDIO RAÍZES DE UMBANDA: www.raizesdeumbanda.com

ANOTE NA SUA AGENDA:
 
24 de julho - 7º PRÊMIO ATABAQUE DE OURO - 2011
                     Realização ICAPRA - Rio Sampa
                     Nova Iguaçu/RJ
                     A Curimba da APEU vai participar e concorrer
                     com o ponto cantado:
                     "Saudação ao Caboclo Boiadeiro da Jurema
                     e Seus Falangeiros".
                     Contamos com sua torcida e vibração positiva!
 
16 de outubro - 1º ENCONTRO AMIGOS DA APEU 
                         30 ANOS DE FÉ, AMOR E CARIDADE
                         Local: Teatro do CEU Aricanduva
                         Apresentações musicais, de dança, palestras
                         e muito mais.
                         Entrada franca. Seja bem-vindo!

quarta-feira, 29 de junho de 2011

PROJETO ARUANDA
Trabalho assistencial da APEU em auxilio aos moradores de rua e outros necessitados

Moradores de rua sofrem com o frio de São Paulo
Termômetros marcam até 2,8ºC na zona norte de São Paulo
Fonte: Folha.com - De São Paulo 

A massa de ar polar que derrubou as temperaturas na cidade de São Paulo fez com que os termômetros atingissem até 2,8ºC na madrugada desta quarta-feira. Segundo o CGE (Centro de
Gerenciamento de Emergência), da prefeitura, a temperatura foi registrada no Tremembé, na zona sul.
Nos últimos dois dias, a Defesa Civil municipal decretou estado de atenção por conta das baixas temperaturas. Ainda na madrugada foram registrados 5,3ºC na região de Parelheiros (zona sul) e 5,2ºC em Pirituba (zona norte).
No Mirante de Santana, também na zona norte, os termômetros marcaram 7,7ºC, mas a sensação térmica era de 2ºC, devido ao vento que era registrado na região.
Apesar dos dados, a temperatura oficial da cidade é medida pelo Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). Os dados devem ser divulgados ainda no decorrer da manhã de hoje.
Ontem, os dados oficiais apontaram temperatura mínima de 6,1ºC na cidade de São Paulo, o que corresponde a madrugada mais fria desde 2003.

Dois moradores de rua morrem na Grande SP
Fonte: Site Band Notícias

Mortes ocorreram por conta das baixas temperaturas no centro de São Paulo e em Juquitiba. Frio fez capital decretar estado de atenção
Dois moradores de rua morreram de frio na Grande São Paulo, entre a noite de ontem e a manhã de hoje.
O primeiro caso ocorreu na noite de ontem, na praça Manoel Jesuíno Godinho, em Juquitiba.
Por volta das 10h desta terça-feira, a Polícia Militar encontrou um mendigo morto na rua dos Italianos, no Bom Retiro, centro da capital.
Ontem, a Defesa Civil de São Paulo decretou estado de atenção devido à baixa temperatura no Estado. A decisão ocorreu porque a cidade atingiu 13º C. Abaixo dos 10ºC, o estado passa a ser de alerta.
A Assistência Social, a Guarda Civil Metropolitana (GCM), Saúde, Infraestrutura Urbana e Subprefeituras oferecem encaminhamento e acolhimento para as pessoas e população de rua, que se encontram em situação de risco e carácter emergencial durante o período de inverno.
Para a remoção de moradores de rua, a Defesa Civil atende pelo telefone 199 e a Guarda Civil metropolitana pelo 153.

Abrigos recebem mais de 90 moradores de rua em São Paulo nesta terça-feira
Ainda restam 680 leitos vagos nos centros de acolhida da capital paulista
Fonte: Notícias R7

Mais de 90 moradores de rua foram abrigados na madrugada desta terça-feira (28) em São Paulo, informou a SMAS (Secretaria Municipal de Assistência Social). Em razão do frio, eles foram convencidos pelos agentes em atendimento rotineiro a se abrigar nos centros de acolhida, acrescentou a SMAS.
Segundo a secretaria, ainda restam 680 leitos vagos nos centros. A pasta disse também que intensificou o trabalho de abordagem com o intuito de convencer os moradores em situação de rua a aceitar os serviços da rede de assistência social. Atuam em todas as regiões da cidade 328 educadores sociais e 90 veículos, segundo a SMAS.
O frio fez a Comdec (Coordenadoria Municipal de Defesa Civil), da Secretaria Municipal de Segurança Urbana, decretar estado de atenção hoje, às 18h40. Isso porque a temperatura chegou aos 12ºC. Esse estado de atenção já havia sido decretado na segunda-feira (27).
Quando o estado de emergência é decretado, os atendentes da Defesa Civil comunicam as ocorrências à Cape (Central de Atendimento Permanente de Emergência) e, na sequência, aos respectivos CoddeCs (Coordenadores Distritais de Defesa Civil). Os telefones 199, 156 e 153 estão preparados para direcionar os chamados sobre moradores de rua.

PROJETO ARUANDA - CAMPANHA DO COBERTOR E DO AGASALHO

Aceitamos doações em nossa sede:

Rua Romildo Finozzi, 137 - Jardim Catarina
Zona leste - São Paulo - SP
Estamos a 10 minutos do Shopping Aricanduva

Quer ajudar nosso projeto em auxilio aos moradores de rua?
Entre em contato (11) 2911-4198.
AGRADECEMOS AO JORNAL JUCA....

Por ter inserido na página 16 da edição de Maio/2011, uma das mensagens passadas pelo nosso mentor, Caboclo Ubatuba. Só ficou faltando citar a fonte, que provavelmente foi o Jornal Umbanda Branca ou mesmo o site da APEU.
Quem quiser ler esta edição, faça um downloud no link abaixo:

http://www.umbandacarismatica.org.br/acervo.php

Que Oxalá continue abençoando este caminho de divulgação da nossa religião.

Sandro Mattos - Secretário

segunda-feira, 27 de junho de 2011

APEU - 7º ATABAQUE DE OURO - 2011
APRENDA A CANTIGA E JUNTE-SE À NOSSA TORCIDA.

Rádio Raízes de Umbanda
Nova programação

A Rádio Raízes de Umbanda, parceira direta da APEU, entrou com uma nova programação no último dia 25/06/2011 - domingo, apresentando pontos cantados e músicas populares que ainda não haviam sido tocadas para seus ouvintes. São cantigas novas, algumas inéditas e muitos pontos que são verdadeiras raridades, gravados nos tempos áureos da musicalidade umbandista, em meados dos anos 60, 70 e 80 ( e até mesmo mais antigas, como dos anos 30).

Participe das enquetes! Deixe seu recado na "Seção do Ouvinte".
E ainda você fica por dentro das principais notícias e divulgação de eventos relacionados à nossa religião.
Não deixe pra depois.

Acesse: www.raizesdeumbanda.com

E ainda você pode participar da promoção: "Qual é a cantiga que foi lançada com exclusividade na Rádio Raízes de Umbanda que vai ser apresentada no 7º Atabaque de Ouro/2011? Quem canta e de onde é esse intérprete ou grupo?".
Mande a resposta para raizesdeumbanda@hotmaol.com com seu nome, endereço e telefone de contato.

Rádio Raízes de Umbanda
Há mais de um ano levando o que a Umbanda tem de melhor na sua musicalidade.

quarta-feira, 22 de junho de 2011

VOCÊ É UMBANDISTA?


Você diz que é umbandista quando perguntado qual é a sua religião?
Você casaria (ou casou) numa tenda de Umbanda, independente da vontade da sua família?
Você batizaria (ou batizou) seus filhos na Umbanda?
Você seria capaz de sair de branco, numa passeata ou procissão em louvor aos Orixás?
Você respeita a natureza, enquanto Reinos Divinos dos Orixás?
Você acha que praticar a caridade não se resume em incorporar seus guias no terreiro?
Em suas orações, além de pedir por sua família, pede também a Deus para abrandar os corações humanos?
Você desistiria de um passeio, viagem ou festa para não faltar a um trabalho normal do terreiro?
Você gosta de adquirir novos conhecimentos sobre mediunidade e Umbanda, absorvendo principalmente através das palavras dos Guias e Mentores, do seu dirigente espiritual e também filtrando os textos dos diversos livros sobre os temas?

Se você disse mais NÃO do que SIM, preste atenção!!!!

VOCÊ AINDA NÃO É UM UMBANDISTA.

Mas pode ser.... para isso, basta assumir sua religião!
Lembre que a Umbanda é Fé, Amor e Caridade e disso, ninguém deve se envergonhar.

Seja bem-vindo meu irmão!

Oxalá te espera com os braços abertos!

Texto de Sandro da Costa Mattos – 1º Secretário e Ogã Alabê da APEU – Associação de Pesquisas Espirituais Ubatuba

sexta-feira, 17 de junho de 2011

A Marca do Amor

Um menino tinha uma cicatriz no rosto. As pessoas de seu colégio não falavam com ele e nem sentavam ao seu lado. Na realidade quando os colegas de seu colégio o viam, franziam a testa por causa da cicatriz ser muito feia.
Então a turma se reuniu com o professor e foi sugerido que aquele menino da cicatriz não freqüentasse mais o colégio. O professor levou o caso à diretoria.
A diretoria ouviu e chegou à seguinte conclusão: que não poderia tirar o menino do colégio, e que conversaria com ele pedindo que fosse o ultimo a entrar em sala de aula, e o primeiro a sair, desta forma nenhum aluno via seu rosto, a não ser que olhassem para trás.
O professor achou magnífica a idéia pois sabia que os alunos não olhariam mais para trás. Levado ao conhecimento do menino da decisão, ele prontamente aceitou a imposição do colégio, com uma condição: que ele comparecesse na frente dos alunos em sala de aula, para dizer o porquê daquela CICATRIZ.
A turma concordou, e no dia seguinte o menino entrou na sala, dirigiu-se a frente dos alunos e começou a relatar:
- Sabe turma! Eu entendo vocês, na realidade esta cicatriz é muito feia mesmo, mas foi assim que eu a adquiri:
- Minha mãe era muito pobre e para ajudar na alimentação, passava roupa para fora. Eu tinha por volta de 7 a 8 anos de idade...
A turma estava em silencio atenta a tudo. O menino continuou:
- Além de mim, havia mais 3 irmãozinhos: um de 4 anos, outro de 2 anos e uma irmãzinha com apenas alguns dias de vida.
Silêncio total em sala.
- Foi aí que, não sei como, a nossa casa que era muito simples, feita de madeira, começou a pegar fogo. Minha mãe correu até o quarto em que estávamos pegou meu irmãozinho de 2 anos no colo, eu e meu outro irmão pelas mãos e nos levou para fora, pois havia muita fumaça, as paredes que eram de madeira pegavam fogo e estava muito quente...
Minha mãe colocou-me sentado no chão, do lado de fora, e me disse para ficar com meus irmãos até ela voltar, depois de buscar minha irmãzinha que continuava lá dentro, na casa em chamas.
Só que quando minha mãe tentou entrar na casa, as pessoas que estavam ali, a impediram e eu ouvia minha mãe gritar:
- Minha filhinha está lá dentro!
Vi no rosto dela o desespero, o horror... ela gritava, mas aquelas pessoas não deixaram minha mãe buscar minha irmãzinha...
Foi aí que decidi. Peguei meu irmão de 2 anos que estava em meu colo e o coloquei no colo do meu irmãozinho de 4 anos e pedi para que não saíssem dali até eu voltar. Passei pelas pessoas sem ser notado e quando perceberam, eu já tinha entrado na casa.
Havia muita fumaça, estava muito quente, mas eu tinha que pegar minha irmãzinha. Eu sabia o quarto em que ela estava. Quando cheguei lá, ela estava enrolada em um lençol e chorava muito... Neste momento vi caindo alguma coisa, então me joguei em cima dela para protegê-la, e aquela coisa quente encostou no meu rosto...
A turma estava quieta, atenta e envergonhada, mas o menino continuou:
Vocês podem achar esta CICATRIZ feia, mas tem alguém lá em casa que acha linda e todo dia quando chego em casa, ela, a minha irmãzinha, me beija, porque sabe que é marca de AMOR.
Vários alunos choravam, sem saberem o que dizer ou fazer, mas o menino foi para o fundo da classe e imovelmente sentou-se.

Para você que leu esta história, queria dizer que o mundo está cheio de CICATRIZES. Não falo das visíveis, mas das que não se vêem. Estamos sempre prontos a abrir cicatrizes nas pessoas, seja com palavras ou nossas ações.
Há aproximadamente 2000 anos, JESUS CRISTO, adquiriu algumas CICATRIZES em seu corpo, especialmente nas mãos, pés e em sua cabeça. Essas cicatrizes eram nossas, mas Ele pulou sobre nós para nos proteger e ficou com todas as nossas CICATRIZES..

Essas também são marcas de AMOR.


Autoria desconhecida.
SOMOS OU ESTAMOS?

Amigos, em algum momento de suas caminhadas vocês já se perguntaram se SÃO ou ESTÃO Umbandistas?
Ser Umbandista é não ter vergonha de dizer que é UMBANDISTA.
Estar Umbandista é fugir do assunto quando perguntado.
Ser Umbandista é ir para o terreiro pensando em ajudar a melhorar um pouco o mundo e conseqüentemente receber sua parte nesta melhora.
Estar Umbandista é simplesmente ir ao terreiro para resolver a sua vida.
Ser Umbandista é não ter vergonha de limpar cinzeiros, varrer o chão, acender um cachimbo, enfim é não ter vergonha de servir.
Estar Umbandista é fugir dos trabalhos mais humildes, achando que sua capacidade esta acima deles.
Ser Umbandista é estar presente no terreiro pronto a “receber” qualquer entidade que esteja sujeita ou que necessite vir, mesmo sendo um irmão sofredor, praticando assim a
verdadeira caridade.
Estar Umbandista é se preocupar com que entidade vai “receber”, torcendo para que seja uma bem famosa.
Ser Umbandista é não se preocupar com o tempo que vai precisar ficar no terreiro até que todos os que precisam sejam atendidos.
Estar Umbandista é preocupar-se com a demora uma vez que tem outros compromissos.
Ser Umbandista é agradecer aos Guias e Orixás por sua vida.
Estar Umbandista é barganhar com eles por favores mesquinhos.
Enfim ser Umbandista é amar a Umbanda e assumi-la como sua religião, falando de suas virtudes, mas sem fechar os olhos para seus problemas.
Estar Umbandista é gostar da Umbanda enquanto ela servir.
E nós somos ou estamos Umbandistas?

Por Marco Boeing - ASSEMA/Curitiba

quarta-feira, 8 de junho de 2011

PROCISSÃO ANUAL A PAI XANGÔ
Porque a APEU participa?

Já há alguns anos a APEU, através da presença de seu sacerdote, Pai Silvio Mattos, bem como de seus filhos de fé, participa da anual Procissão em Homenagem a Pai Xangô, organizada pela Escola de Curimba e Arte Umbandista Aldeia de Caboclos (presidida por Pai Engels de Xangô) e tendas co-irmãs, no Clube Escola da Mooca (antigo C.E.E. Mooca).
A procissão é um ato religioso, um momento de externação da sua fé e uma amostra do amor que você tem pela sua religião e, em especial, o respeito que demonstra ao Orixá e seus muitos falangeiros que atuam nas casas umbandistas praticando a caridade, levando a justiça e nos ensinando a ser fortes espiritualmente.

Como na APEU não temos, em nosso calendário, uma festa direta a Pai Xangô, uma vez que teríamos várias datas em que este Orixá poderia ser homenageado (especialmente no mês de junho), ficou estabelecido pela direção espiritual que a forma de demonstrar esse carinho e a fé que temos nesta maravilhosa energia, é participando deste grande evento, que vem sendo tratado de forma séria e respeitosa por parte dos organizadores e que, por conta disso e da total entrega daqueles que participam, do núcleo central à arquibancada, envolve a todos com as salutares vibrações positivas do Senhor da Justiça e das Pedreiras.
Assim, a presença dos filhos da casa é importante, especialmente àqueles que pretendem demonstrar o quanto são gratos pela proteção e graças alcançadas junto aos mensageiros de luz que vibram sob a égide de Xangô em nossa casa.

Observação: não se trata de uma gira festiva, mas sim, de um evento religioso/cultural, cujo foco central é Xangô e o ápice é a procissão, onde centenas de umbandistas se unem entoando cânticos em sua louvação.

Data: 23 de junho de 2011 -Feriado de Corphus Christi
Início previsto às 13:00 horas

Local: Clube Escola da Mooca
          Rua Taquari, 635 - Em frente a Universidade São Judas

Entrada: 1 quilo de alimento não perecível destinado a obras assistenciais.
Estacionamento gratuito no local
Traje: roupa branca

Todos são bem-vindos: médiuns, assistentes e simpatizantes.

A Diretoria
Sandro Mattos - Secretário
CALENDÁRIO ESPIRITUAL DA APEU – JUNHO/2011

03/06 – Sexta-feira: Sessão normal – Caboclos de Oxóssi e Pretos Velhos
10/06 – Sexta-feira: Sessão normal – Caboclos de Oxóssi, Falangeiros de Ogum e Povo D’água
17/06 – Sexta-feira: Sessão normal – Caboclos de Oxóssi e Falangeiros de Xangô
23/06 – Quinta-feira – Feriado de Corpus Christi – Procissão anual a Pai Xangô no Centro E. E. Mooca
24/06 – Sexta-feira: Sessão normal – Caboclos de Oxóssi, Baianos e Exus de Lei


TODO ATENDIMENTO NA APEU É GRATUITO.


Observação aos médiuns da casa: as sessões de desenvolvimento serão reiniciadas e indicadas pelo dirigente espiritual Pai Silvio. Aguarde as informações durante a gira.


Conheça nossa forma de trabalho entrando no site http://www.apeu.rg.com.br/
 OUTROS EVENTOS na APEU:


Dia 11/06 – Sábado – 14:00 horas – 1º Dia do Workshop Dicas de Atabaque com o irmão Márcio Barravento do RJ

Dia 12/06 – Domingo – 13:00 horas – 2º Dia (continuação) do Workshop Dicas de Atabaque dom o irmão Márcio Barravento do RJ


Esse evento tem uma inscrição de R$ 35,00 válida para participar dos dois dias do workshop.


Nosso endereço: Rua Romildo Finozzi, 137 – Jardim Catarina – zona leste – São Paulo/SP – estamos na altura do nº 2057 da Avenida Barreira Grande, onde tem a lombada eletrônica próxima ao Hospital do Jardim Iva, a mais ou menos 10 minutos do Shopping Aricanduva. Fone (11) 2911-4198 / 2724-9522 / 6852-8430.

terça-feira, 7 de junho de 2011

ESTÁ CHEGANDO A HORA!

O Workshop Dicas de Atabaque, com o irmão Márcio Barravento , acontecerá na APEU próximo final de semana.
Não deixe de participar.

Entre em contato conosco (11) 2911-4198 ou 6852-8430

Terreiro nas Matas

Aguarde.....
Em breve a APEU voltará a ter um espaço para os trabalhos especiais nas Matas Sagradas de Senhor Oxóssi.
No último dia 05/06/2011, Pai Silvio e a Madrinha Cleide, com alguns membros da casa, estiveram presentes no sítio dos pais do nosso irmão e diretor Ted Benati, onde um espaço foi destinado para que a APEU faça seu terreiro na mata. O sítio fica no município de Franco da Rocha, na divisa com a cidade de Mairiporã.
Pai Silvio entrou na mata e foi levado, pelo Caboclo Ubatuba, até o local escolhido e tanto ele, como os que lá estavam, iniciaram a limpeza do local, bem como já escolheram as árvores para as futuras obrigações e busca de energização.
Obrigado ao Ted e à sua família!
A APEU como um todo agradece!
Atabaque de Ouro 2011
Gravação da faixa do CD
Ponto: Saudação ao Caboclo Boiadeiro da Jurema e seus Falangeiros

No dia 28 de maio a Curimba da APEU participou da gravação da faixa que vai para o CD do Atabaque de Ouro de 2011.
A gravação aconteceu no Spectrum Estúdio, localizado no Bairro do Cambuci.
A mídia com a faixa gravada já foi entregue ao Marcelo Fritz, coordenador do Icapra, entidade organizadora do evento.

Infelizmente na ânsia da gravação, esquecemos de bater mais fotos....





Aconteceu: 14/05/2011

Festa aos Pretos Velhos promovida pela União de Tendas
Guarulhos - SP
Local: Centro Poliesportivo João do Pulo
Coordenação: Ogã Juvenal





Aconteceu: 14/05/2011
Homenagem aos Pretos Velhos na APEU

No dia 14 de maio a APEU realizou sua sessão festiva em homenagem aos amados Vovôs e Vovós de Aruanda: os Pretos Velhos.
A casa estava toda enfeitada, de forma simples, porém com muito capricho, para a festa. Um congá especial para os Pretos Velhos foi montado, onde podíamos ver não só as imagens de Pai João e Vovó Maria Conga, bem como: flores, velas brancas, arruda e pemba, que posteriormente foram utilizados por estes mensageiros de luz quando incorporados.
Na ocasião, fomos agraciados com a visita da nossa irmã, sacerdotiza hinduísta: Sri Madana Mohana, que no momento vem atuando num templo na região de Moema/SP.
Madana entregou um lindo colar de flores, consagrado num ritual do fogo em seu templo, para o Caboclo Ubatuba e entoou mantras de elevação espiritual que envolveu, que energias positivas, a todos os que estavam no local. Seu Ubatuba falou sobre a importância da união entre os diversos caminhos que levam ao Pai Supremo e fez questão de mostrar que tem, como um dos elos de ligação com o Astral na casa, a figura de Mestre Yogananda, lembrando que, os hinduístas estão ligados diretamente à Umbanda através elevada espiritualização mostrada pela Linha do Oriente.
Após a subida do mentor, os Caboclos de Oxóssi foram chamados para auxiliar na firmeza e no desenvolvimentos dos médiuns e posteriormente, a casa abriu espaço para a manifestação dos Pretos e Pretas Velhas.
Os sábios espíritos de Aruanda, através de passes e consultas, atenderam aos presentes, sempra passando uma mensagem de amor, de fé e resignação.
Bolos de fubá e um saboroso café amargo, ao modo do cativeiro, foi energizado e posteriormente servido, não só às Entidades, mas também ao público em geral.
Durante a energização dos bolos, os Ogãs cantaram o ponto ADOREI AS ALMAS, e para surpresa de todos, as crianças (inclusive aquelas que nunca haviam estado na casa), por conta própria já que nada estava combinado, entraram na engira imitando os Vovôs e Vovós de Aruanda (assim como fazem nas apresentações) e foram saudando todos que estavam incorporados! Foi lindo!
Logo depois, outras cantigas que nos remetiam ao tempo da libertação dos escravos foram cantadas e, para nossa felicidade, os Pretos Velhos agradeceram por esse momento de emoção.
No término dos trabalhos, Pai Silvio recitou a Prece-Poema: "As Sete Lágrimas de Pai Preto" e a corrente reluzente se formou no piso da engira, iluminando todo o terreiro.










Curso: Mediunidade e Seus Fenômenos
Fotos da Turma 2011

Iniciado em 25/04/2011.
Ainda existem vagas. Novos alunos são aceitos até que seja aplicada a primeira prova bimestral.
O curso é teórico e totalmente gratuito e aberto a qualquer pessoa que queira aprender sobre este assunto tão importante a todos que lidam nas religiões que se comunicam com o plano da espiritualidade.
Com direito a certificado aos que fecharem com a nota mínima.
Orientador: Pai Silvio Mattos
Aulas às segundas-feiras das 21:00 às 22:30 hs
Contato: (11) 2911-4198.



Aconteceu: 01/05/2011
A APEU se fez presente na Festa de Ogum da AUEESP
C.E. da Mooca - Direção: Sandra Santos









Aconteceu: 30/04/2011

APEU homenageou Senhor Ogum
Formatura dos alunos do Curso de Cânticos/2010

 No dia 30 de abril a APEU realizou sua festa em homenagem a Senhor Ogum e seus Falangeiros.
O terreiro estava enfeitado com as cores do Orixá da Guerra e das Demandas, envolvendo a todos na energia vibrante desta Linha de Luz da nossa querida e amada Umbanda.
Além da decoração do ambiente como um todo, um lindo congá foi montado especialmente para Senhor Ogum.
Antes da chegada do mentor, tivemos a celebração do batismo do garoto Vinícius, filho da médium Gisele e seu esposo Marcelo. Os padrinhos materiais foram os médiuns: Ogã Rogério e Ediana.
Na mesma data, aconteceu a formatura dos alunos do Curso de Cânticos de Umbanda - turma 2010 - ministrado pela APEU com orientação do Alabê Sandro Mattos. Formados: Ariane, Nalvinha, Telma, Pai Genivaldo, Gabriel, Carol, Lúcia, Mariana, Sheyla e Keyla.
Quando Seu Ubatuba se fez presente, solicitou a presença de todos os visitantes para que pudessem receber seu abraço e seu axé!
Na saudação a Senhor Ogum, todo o terreiro foi para o lado externo, onde aconteceu a tradicional queima de fogos.
Durante a gira, os falangeiros de Ogum atenderam a todos os presentes com passes e orientações.
Um bolo com a imagem de São Jorge foi energizado e posteriormente servido a todos.O final dos trabalhos foi com a tradicional prece a Ogum, recebida por Pai Silvio e preferida todos os anos, no momento em que são energizadas as espadas vegetais durante a formação da corrente reluzente.Após os trabalhos, todos se confraternizaram no espaço externo do terreiro.