quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Chegou 2015 - Que Ogum nos proteja !

Chegou 2015 e esperamos ter um ano cheio de realizações, muita prática caritativa, que, de uma forma ou de outra, está diretamente vinculada à evolução daqueles que buscam nossa singela casa de luz, não só como assistentes, mas também, daqueles que fazem parte da corrente mediúnica.
Na última gira do ano passado o nosso mentor, Caboclo Ubatuba, falou que, independente do que outras pessoas viessem nos falar, 2015 para os filhos da casa dele estaria sob a vibração de Senhor Ogum, pedindo então, para os membros da engira acendessem suas velas vermelhas buscando a força e a proteção do Orixá das guerras e dos metais.
Mais adiante notamos que na mídia e nas redes sociais, muitas casas também citaram Ogum como o Orixá regente do ano. Tal informação foi confirmada até mesmo para os estudiosos da astrologia, que indicaram que 2015 seria o ano de Marte, o planeta vermelho que possui ligação direta com Ogum.
Se por um lado teremos o comando de um grande guerreiro que nos protege na luta contra as demandas espirituais e até mesmo contra as demandas da vida, por outro nos mostra que será também um ano de batalhas, de lutas, onde os filhos de fé deverão mostrar sua bravura e sua determinação no ato de servir a esse Exército Branco de Oxalá chamado Umbanda. A luta contra as forças do mal é contínua e devemos estar sempre atentos aos ensinamentos das entidades de luz, sem esquecer de lembrar que somos intermediários de energias que encontram num médium, um campo aberto para suas atuações. Por isso mesmo é importante cumprir a missão da forma mais reta possível, onde aqui também se aplica o "orar e vigiar" citado por Jesus há cerca de 2000 anos.
Neste giro do sol que se inicia, nossa instituição apagará mais uma velinha, a 34ª desde sua fundação.
Agradecemos a todos que durante todos esses anos nos ajudaram de uma forma de outra. Independente do tempo que estiveram conosco e principalmente aos que ainda estão, alguns desde a fundação ou que chegaram na casa quando esta ainda engatinhava como templo religioso, só temos que agradecer. Todo aquele que, pelo menos um dia ao menos se doou para um irmão necessitado, foi importante para que os objetivos fossem alcançados. 

Saravá!

A diretoria

Um comentário:

Stênio Augusto Mesquita disse...

Saravá a Umbanda...Saravá ao Caboclo Ubatuba e a todos os mensageiros de Luz! Saravá Oxalá...Saravá Ogum !
Salve as Sete Linhas de Umbanda !
Viva Zambi...Viva !