sexta-feira, 2 de maio de 2014

Aconteceu - Festa de Ogum na APEU - 2014


Na tarde/noite do dia 26 de abril, a APEU realizou mais uma sessão de louvação a Senhor Ogum.
Com o terreiro enfeitado com as cores do Orixá das Guerras e dos Metais, tivemos, como vem ocorrendo na maioria das giras festivas da casa, mais um batizado infantil, desta vez da pequena Aiumy.
Ainda antes da chegada do mentor, Caboclo Ubatuba, Pai Silvio Mattos entregou o certificado de conclusão do Curso de Iniciação e Aperfeiçoamento Mediúnico à Denise Giso, que não pô de comparecer na formatura, na semana anterior.
Também foram entregues os imalês (dístico com o ponto do Caboclo Ubatuba), aos médiuns que completaram 7 (sete) anos de Cruzamento na Lei de Pemba na APEU - Ediana (entregue pela madrinha Cleide) e Ogã Gustavo (agraciado pela nossa Adagã - Dona Ateni).
Recebemos a visita de Mãe Deise Palombarini e do Ogã Alabê Domingos dos Santos (autor de cantigas como "Louvação a Iemanjá" ("Vamos saravá, Mãe Iemanjá, vamos todos juntos jogar flores no mar...") e "Ponto de Marinheiro" (Ai meus Deus, mas como é triste, seu Marinheiro nas ondas no mar...", ambos do disco "Pontos Inéditos de Umbanda - Abertura e Encerramento", gravado em 1976.
O Caboclo Ubatuba explanou sobre a importância de Ogum e sobre sua força no combate às energias negativas, às demandas e aos espíritos malignos.
Uma linda salva de fogos foi feita, com todos (médiuns e assistentes) na área externa do terreiro (onde tinha um congá com uma linda imagem de São Jorge). Alí, ao som dos fogos de artifício que iluminaram o céu da região, o atabaque soou e todos cantaram pontos de louvação e saudação a Senhor Ogum.
Após a queima de fogos, já dentro do terreiro, contamos com a presença dos falangeiros que, uma vez incorporados, puderam atender com passes e orientações aos que foram em busca de seu auxílio.
Um lindo bolo foi abençoado pelas entidades e depois distribuído aos que participaram da festa.
No final, formou-se, como de costume, a corrente reluzente com as velas vermelhas, logo após Pai Silvio ter proferido a Prece a Ogum para imantação das espadas de São Jorge Vegetais, que foram distribuídas.
Aproveitamos para agradecer à Mãe Deise que doou as lembrancinhas que foram entregues a todos os presentes.
Ogunhê!

Fotos!

Um comentário:

Stênio Augusto Mesquita disse...

Festa linda da minha A.P.E.U.
Louvação e Homenagem, ao nosso General de Umbanda ! Nosso Santo Guerreiro ! Protetor de todos os Terreiros ! Saravá Ogum, meu Orixá Guerreiro, e a todos os seus falangeiros...Saravá ao Povo de Ogum...OGUNHÊ meu PAI !